quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Ah... bom... estou esclarecido e tentado


Andei semanas a receber mails da candidatura de Barack Obama. Em 95 por cento deles, chegava um pedido de dinheiro, entre os cinco e os dez dólares de cada vez. Como já tinha dito, até a Michele andou na pedincha. Hoje, chegou o esclarecimento para tanta mão, perdão, mail estendido. Aí vai:

Emídio --
This campaign sends you a lot of emails. But I promise there's a reason for every single one. I wish every email could be devoted to volunteer opportunities and the latest message from Barack. But today we need to ask you for financial support. As of October 15th, John McCain and the RNC had nearly $20 million more in cash than our campaign and the DNC. As soon as we can close the gap, we can focus our emails exclusively on voter turnout. Make a donation of $5 or more now to support this campaign through Election Day. We can't underestimate the strength of our opponents and how far they're willing to go in this last week. The truth is we have to fight harder than they do, and we still need your support. Soon it will be too late. Please make a donation to get us the rest of the way: https://donate.barackobama.com/RNCadvantage.
We know we've asked a lot, and you've given so much of yourselves. Don't stop now. Thanks for supporting this movement when it matters most,
David David PlouffeCampaign ManagerObama for America

Fiquei particularmente sensibilizado com a confissão deles de que "pediram muito". Mas o que me bateu no fundo do meu coração foi aquela pungente revelação: afinal, a campanha do McCain conseguiu recolher mais 20 milhões do que a do Obama. E durante meses andaram os canais de televisão norte-americanos a dizer precisamente o contrário, acrescentando que nunca um candidato tinha gasto tanto dinheiro numa campanha como tem feito Obama! Estou tentado a enviar os tais cinco dólares (afinal nem chegam a 10 cafés) para o Obama, só me gabar, um dia, de já ter dado dinheiro ao presidente dos Estados Unidos!

1 comentário:

maria do carmo vilela disse...

E ainda há quem tenha dúvidas sobre o financiamento da campanha do Obama? Com email carinhoso como este, não há de facto quem resista. 10 dólares? Toma lá 20 e compra também um bolo de arroz.