terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Os assessores de porra nenhuma

Os jornalistas brasileiros usam amiúde uma expressão sempre que se referem a um determinado assessor que só serve para empatar. Chamam-lhe ASPONE: Assessor de Porra Nenhuma.
Na série "Sim, sr Ministro", o chefe de gabinete defende a teoria que um bom assessor é aquele que nunca responde às questões dos jornalistas, provocando cansaço e, como consequência, uma desistência.
Isto vem a propósito do verdadeiro exército de assessores, quase todos ex-jornalistas, que formiga os ministérios. Esta noite, antes das 23horas, tentei falar com Manuel Pinho. Pensando que um assessor, no caso uma assessora, serviria para alguma coisa, tentei primeiro o contacto com ela. Simpática, prometeu falar com o ministro e depois daria uma resposta. Minutos depois voltei a ligar. Não atendeu. Fiz uma segunda tentativa, também sem sucesso. Tentei uma terceira vez e... nada. Decidi ligar directamente para o ministro. Sucesso. Manuel Pinho foi entrevistado, contou-me o que sabia, evitou falar sobre o que não lhe interessava. O normal, portanto.
A Aspone, a esta hora, deve estar, deleitada, a ver o "Sim, sr Ministro".

1 comentário:

JC disse...

Não seria a Lurdes, aquela isenta e brilhante jornalista do Correio da Manhã, promovida ao princípio de Peter...asim se controla toda a imprensa. Quem dirá "está na hora de falar a verdade"?