segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

O melhor da diplomacia

Luís Amado hoje em declarações aos jornalistas sobre a guerra na Faixa de Gaza:

"Vai haver um cessar-fogo mais tarde ou mais cedo".

Tem razão o ministro português dos Negócios Estrangeiros. Até pode haver o cessar-fogo daqui a uns cinco anos. Ou mesmo quando não sobrar ninguém vivo em Gaza.

1 comentário:

JC disse...

Com esse Ministério, é sempre mais ou menos. Fecharam o consuldao no Recife e trasnferiram para a Baía, deixando um Vice-Consulado no Recife. O facto de Salvador er uma insignificante comunidade de portugueses (Recife, Pernambuco é a segunda do Brasil em termos comparativos e terceira em termos absolutos), não interessou a Sxa. O secretário de Estado.
Primeiro mandou um asessor - seria ASPONE? - falar com os representantes da comunidade, a quem foi pedido que comparecessem de forma olene, de fato e gravata, para falar com Vexa. assessor. Depois o ASPONE apareceu de sapatilhas, calaças de ganga e á vontade. Depois veio SExa. e nada disse...o habitual mais ou menos! Será verdade que Portugal é na UE um país qu não dá naturalização aos netos de descendentes? É que SEx.a diz que a lei dá, mas no vice-consulado a Corina diz que não dá! E aí, como fica?