quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Euro Magalhães


O portátil Magalhães fez a sua entrada triunfal na esfera europeia pela mão da eurodeputada socialista Jamila Madeira que, orgulhosamente, se passeia pelo Parlamento Europeu, de reunião em reunião, com o inconfundível computador pensado, concebido, desenhado, montado, decorado, promovido e vendido por José Sócrates.

E numa altura em que se entra na recta da meta para a composição das listas para as próximas eleições, Jamila já leva uns gigas de vantagem sobre a concorrência.

2 comentários:

Luis Melo disse...

De facto, não há vergonha nenhuma no seio do PS para que se possa manter a posição de poder.

O (in)sucesso do Magalhães foi evidente. E ainda há uns parvos que se pavoneiam com essa "máquina" pelos corredores do PE.

Enfim... o que uma militante faz para continuar no poleiro.

Má Lingua disse...

olha! olha! cada um faz o que pode... esta certamente ´só pode com o magalhães