terça-feira, 11 de novembro de 2008

A mancha



O Secretário de Estado da Presidência de Conselho de Ministros Jorge Lacão, é um homem que goza de uma certa discrição junto da maioria dos portugueses (leia-se ninguém tem grande ideia de quem ele é) mas exibe um característica física que normalmente marca quem lida com ele: uma mancha escura (e peluda segundo alguns repórteres de imagem da nossa praça) na sua face direita.

Como é um homem confiante nunca a escondeu e sempre a exibiu sem temor que tal atributo prejudicasse a sua imagem de politico.

Estávamos nós ontem à noite - a trabalhar para as horas extraordinárias - no nosso balcão de atendimento postal quando "no grande espaço de debate da televisão portuguesa" fomos surpreendidos pela ausência da mancha na face do insigne secretario.

Fica a questão será que Jorge Lacão à beira de ano de eleições, prepara novo visual com vista a mais altos voos ou foi só o tal pluralismo (pela mão da diligente maquilhadora) da RTP a proteger a imagem do governante.

2 comentários:

Anónimo disse...

calhando é da crise
certamente que lhe penhoraram a mancha...
bom isto sou eu a dizer...



Fisco

André Couto disse...

Sabendo que a mancha na face do Sr. Lacão lhe poderia dar prejuizo, esta foi nacionalizada pelo Estado Português, em nome do interesse nacional...
Cumprimentos.