domingo, 16 de novembro de 2008

2+2-3=9


Graças à TVI e ao programa CQC, percebi, finalmente, as razões que levam os professores a rejeitarem as avaliações. Para as câmaras de televisão, uma professora gritava, referindo-se à ministra da Educação:

"A gaja é surda!"

Uma outra não teve dúvidas em responder quem fora o último rei de Portugal:

"O que usava uma coroa".

E lá seguiu com uma bandeira na mão, avenida acima a gritar contra a ministra e sobretudo contra o sistema de avaliação. Pudera!
Do mesmo nível intelectual, o CQC encontrou nas ruas de Paris o povo - francês, claro - a garantir que "Portugal é uma monarquia", que "faz fronteira com França e Espanha" ou "faz fronteira com a África do Sul". Se um destes entrevistados for professor certamente estará contra o sistema de avaliações.

3 comentários:

vozcívica disse...

Muito bem visto.

Sousa.

Anónimo disse...

e você que faz na vida?
certamente que na sua profissão não existe avaliação
caso contrario já aqui não andava...
teria chumbado

mário antunes disse...

e teria chumbado porque...?