terça-feira, 19 de outubro de 2010

O grande recreio


É difícil decidir o que é mais ridículo e/ou pueril: a ideia ou a sua justificação.

O Parlamento Europeu vota esta quarta-feira o relatório de Edite Estrela sobre o alargamento da licença de maternidade. A Verde holandesa Marije Cornelissen enviou um mail aos demais colegas a anunciar a sua ideia brilhante: que os eurodeputados que apoiam as propostas do relatório (aumentar a licença de maternidade para 20 semanas, com pagamento integral do ordenado… a partir de 2020) apareçam no plenário com um destes bonitos balões (os Verdes encarregam-se da distribuição dos ditos à entrada do plenário).

Balões esses que “não têm o logo de nenhum grupo, pois o momento é de unidade”. Em contrapartida têm “a imagem de um bebé feliz, pois no fundo é disso que se trata”.

Quinta-feira é votado um relatório sobre política marítima. Que irá a Marije distribuir desta vez? Barbatanas?

1 comentário:

Niagara Et Al disse...

Um bacalhau e uma latinha de atum.