quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Mais um Patrocínio no PS

Estarei enganado ou Carvalho da Silva vota no Seixal, concelho onde vive? Por que raio, vem agora admitir votar em António Costa? Ou tem o caderno eleitoral muitíssimo desactualizado, ou o seu voto é nulo: não há nenhum António Costa, candidato a presidente de câmara na zona sul do Tejo.
Carvalho da Silva faz lembrar Carolina Patrocínio, aquela menina que "sempre" votou no PS aos 17 anos.

5 comentários:

um homem na aldeia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Emídio Fernando disse...

O comentário de cima desapareceu por que apenas viola um princípio deste blogue: o não permitir o insulto. Mas o autor do comentário sabe muito bem como ficou aqui registada a manifestação de solidariedade. E que foi sobretudo apreciada. E também sabe que a admiração é recíproca.

Anónimo disse...

É melhor ouvir bem as declarações do homem. Ele não disse que votava no Costa, mas que a cidade necessitava da sua vitória.
http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Interior.aspx?content_id=1383391
Não deixa de ser polémico, até porque depois veio dizer que apoia a CDU. Eu diria que no mínimo o Carvalho anda confuso, ou então já anda a preparar o seu futuro politico para quando deixar de ser sindicalista, lá pró ano...2500 e qualquer coisa...

um homem na aldeia disse...

Camarada Emídio,
Sem voltar a ofender ninguém, é com tristeza que vejo aquela que já foi uma rádio de referencia do presente de então, tornar-se numa referencia do passado de agora.
Têm sido despromoções e promoções descabidas e enquadradas apenas em contextos conjunturais e pequeninos, como é a tua e a de outros camaradas teus e nossos, as razões pelas quais a estação de rádio que nos mostrava o fim da rua com a mesma paixão com que nos relataria o fim do mundo, anda à procura do pão para a boca.
Como se pode descapitalizar, deitar pela pia, capital, experiência, saberes, a pretexto de se querer crescer e vencer?
O tempo o dirá a quantas marés sobrevivem pobres marinheiros de barquinhos feitos de papel de pasquins!
E agora não apagues isto que não ofendi ninguém!

Anónimo disse...

O homem da aldeia tem razão.

Sou liberal (e portanto anti-comunista), mas até votei CDU nesta eleição - só voto em pessoas.

Agora o problema duma certa esquerda é que ainda não percebeu que o Carvalho da Silva, como muitos outros fazem parte daquele lóbi do ISCTE, que o doportugalprofundo.blogspot.com bem desmascarou.

Ao contrário dos comunistas, estes bem poderiam querer comer criancinhas ao pequeno almoço - que ninguém lhes fazia frente.

Até amanhã, camaradas...

Disclaimer: a referência ao comer criancinhas não é literal - portanto não ofensiva - reporta-se ao "slogan" anti-comunista do verão quente de 75!