segunda-feira, 5 de abril de 2010

Incómodos socialistas

António José Seguro atirou-se, com força, aos prémios distribuídos aos gestores das empresas com capitais públicos. A posição do deputado socialista não agradou a toda a gente, dentro... do PS. Vale a pena ler o que escreveu Ascenso Simões, membro da comissão política do PS, na sua página no Facebook:

"A posição de António José Seguro vai direita à grande massa de portugueses. Demagógica quanto baste. Porém, AJS não é um socialista qualquer e deveria ter algum cuidado com a forma como aborda estas questões. Talvez não estivesse no seu pensamento, mas dá ideia de uma perspectiva estatista e de uma tendência intervencionista, que o PS já havia abandonado.... Com amizade o digo!!!"

7 comentários:

Anónimo disse...

Este Ascenso é um cómico! Qd não foi colocado na lista de deputados, desconfiou que o tramavam...Depois desapareceu do governo (O Rui Pereira qd entrou não o quiz e despacharam-no para as florestas), porque ninguem o queria...O tipo começou a veladamente a escrever contra o PS...Por isso cheira-me que vai ter tachinho à bientôt, como excelente aparelhista do PS que se preze.Era bom que o jornalismo em Portugal investigasse certas Ascensões e quedas, e nem tanto no governo, mas nos organismos publicos ou em estruturas desconcentradas da administração central...È mau demais!!!

Anónimo disse...

esse ascenso simões acho que tem tacho nas aguas de portugal

António disse...

Dois anónimos a bater.
A. Simões deu nota, um ano antes do fim da legislatura, que não queria ser deputado. Foi SE com Rui Pereira e não é funcionário das Aguas de Portugal. Só falsidades.
Eu assino - António Coutinho

Anónimo disse...

Um anónimo a defender...
Diga-me lá onde e quando escreveu A. Simões que não queria ser deputado?
Hum... diga-me lá tambem se o PS, alterou a sua Carta de Principios ou os seus Estatutos. Eu (e milhares) como Militante, não fui informado. Se houve alteração aos nossos pricipios que temos de visão e pretensão para uma sociedade de plena democracia.! Informem todos os Militantes. Pois estaremos a mais. As prácticas desta direcção (que em breve passará á história)não serão com toda a certeza louvada pelos V. Socialistas.
Eu assino - J. Arraiolos

Anónimo disse...

Afinal: quem é este Ascenso Simões para que com ele nos preocupemos? Fez alguma coisa na vida? Bah!

Andre disse...

Nadinha. O Estado que tem apenas 20%, não intervém nada...só quando convém, nas renováveis e no imobiliário...em contratos a 30 anos que vão pagar os nossos netos e em negócios que ninguém explica.

Percebe-se que quem critica AJS tenha medo dele.

AJS é a decência, qual réstia de esperança de que o PS possa voltar a ter uma liderança séria, após esta face oculta, que corte com este descaramento dos "negócios" à custa do povo - ou do contribuinte se Ascenso não quiser linguagem "populista"!

Anónimo disse...

É melhor apurar bem de quem se fala e de todo o seu percurso...