sexta-feira, 4 de março de 2011

Deve haver uma frota larga de C-130

Ando muito divertido a ler e a ouvir muitos portugueses a desejarem que Angola entre em convulsões sociais idênticas às do Médio Oriente. Além de ser divertido pela absoluta ignorância nas comparações entre países e regiões, há um lado perverso: vivem em Angola (registados) mais de 92 mil portugueses que transferiram, em 2010, para Portugal mais de 132 milhões de euros. Nada mau para um país que, como se sabe, está em crise.
E uma convulsão social pode provocar mais uma ponte aérea para trazer os portugueses todos que por lá fazem pela vida. Não sei se Portugal - e, já agora, a União Europeia - tem assim tantos aviões C-130.

7 comentários:

António Tânger disse...

evacuei uns milhares em duas operações. a prazo será inevitável. só espero que os nossos concidadãos saibam ler os sinais e aceitar os atempados avisos. espero que a ganancia não sobreleve a segurança....

Joaquim Herrera disse...

Ora 92 passageiros a dividir por mais de 92.000 portugueses é coisa pra dar mais de 1000 aviões C-130....a matemática é tão fácil e imune a disparates!!!

max weber thorenson disse...

92mil e só 132 milhões de euros

pouco mais de 1000euros por cada

tirem-nos de lá e mandem-nos para o Brasil

lpmpessoal disse...

Meu caro: Os argumentos irracionais não interrompem os irracionais. Abraço

Emídio Fernando disse...

Caro Max Weber, não sei se é muito ou pouco. Mas significa muitissmo para os portugueses e estão ara Portugal.Os dados estão aqui: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/exclusivo-cm/angola-lidera-saidas-para-o-estrangeiro-221447347

joshua disse...

Há um bem maior que esse cálculo.

Anónimo disse...

mas deves tu, Emídio, prender-te com a Real Politik?